Medidas provisórias e projeto de lei tentam legalizar grilagem e venda de terras a estrangeiros

A matéria “Amazônia Loteada” da última edição da revista Carta Capital, acusa o governo de abrir caminhos “para legalizar a grilagem e favorecer a venda de terras a estrangeiros” com 3 medidas provisórias e um projeto de lei.

A matéria relembra denúncia realizada por Patrus Ananias, em dezembro de 2016, sobre a ofensiva do governo contra a reforma agrária, que incluía a armadilha criada pela municipalização do processo de regularização fundiária dos assentamentos:

“A nossa história demonstra que a grande força contrária a reformar o campo sempre foi a das oligarquias rurais locais, costumeiramente ligadas aos poderes políticos locais”.

PA-carta-capital-amazonia

 

Nas ruas de BH, pelas Eleições Diretas

Ontem em Belo Horizonte, uma grande e bela manifestação popular atravessou o Centro da cidade, saindo da Praça da Liberdade e chegando à Praça Sete.

Uma manifestação em defesa das Eleições Diretas, para que o voto do povo tenha novamente valor para decidir qual projeto deve governar o país nos próximos anos. Uma manifestação para que o governo explicitamente corrupto que está no poder seja impedido de continuar com o desmonte do país.

A manifestação da manhã de domingo, assim como outras pelo país, não teve novamente grande destaque na imprensa chamada tradicional. Mas a mobilização popular aponta claramente a direção: o povo estará nas ruas até a queda do governo ilegítimo. O povo estará nas ruas, cada vez mais, até as Eleições Diretas. Para que novamente exista um projeto no governo que não seja o de desmontar todas as conquistas de nosso país.

IMG_20170521_121921389

Palestra hoje na FAJE – Ética, Política e Direito

PALESTRA HOJE:
Ética Política e Direito

O deputado Patrus realiza palestra hoje, às 20 horas, no auditório da Faculdade dos Jesuítas (Faje), localizado à avenida Dr. Cristiano Guimarães, 2.127 – Planalto.

O evento faz parte do X Colóquio Vaziano e tem o objetivo de repensar os fundamentos da comunidade ética, a partir da reflexão do contexto brasileiro e da proposta filosófica do padre jesuíta Lima Vaz, que busca resposta à crise de valores da sociedade contemporânea.

O momento é de Eleições Diretas

As revelações da última noite e os desdobramentos nessa manhã mostram o que já vínhamos anunciando há tempos: um país à deriva.

Os erros e abusos que conduziram o processo de impeachment continuaram se perpetuando para tentar garantir a destruição da rede de proteção social criada na última década em nosso país.

Neste momento, é essencial que estejamos voltados para preservar e retomar plenamente aquilo que temos de mais fundamental: o Estado Democrático de Direito. Todos os direitos e garantias de cada cidadão brasileiro estão guardados sob o Estado Democrático de Direito. É a partir do respeito a ele que alcançamos tantas conquistas sociais e a diminuição da desigualdade.

Depois do golpe que atravessou a Constituição e de todas as “reformas” que tentaram lançar o país nas mãos do capital mais selvagem, às custas dos direitos dos trabalhadores e dos mais pobres, este é o momento de retomarmos a democracia integral em nosso país.

Este é o momento de conduzirmos o Brasil para ELEIÇÕES DIRETAS. Para que a vontade popular, a SOBERANIA DO VOTO, possa ser efetivamente respeitada até o final do mandato conquistado nas urnas e a democracia brasileira volte a encontrar seu caminho de amadurecimento.

Patrus realiza Conferência em Londres no BRAZIL FORUM UK 2017

Amanhã, às 12h com transmissão ao vivo, tem Patrus Ananias em Londres no Brazil Forum UK 2017 falando sobre as conquistas dos Programas Sociais desde 2003 e sobre perspectivas para o futuro do país, com o desmonte da estrutura de segurança social realizada pelo governo atualmente no poder: http://brazilforum.co.uk/pb/

Patrus-Forum-UK-2017

 

O Congresso Estadual do PT mostra um partido vivo e com saldo extremamente positivo

  • Sobre o Congresso Estadual do PT, preparando para o Congresso Nacional em junho: “mostramos aqui claramente, mais uma vez, que o saldo do PT no poder é imensamente positivo. Reduzimos a pobreza, expandimos a participação popular, invertemos prioridades para governar para todos e especialmente para os mais pobres. O PT está vivo e nosso compromisso é levar ele cada vez mais de volta a seus ideais fundacionais