Jovens do Taquaril apresentam e debatem resultados da oficina de pintura

Iniciativa integra o Projeto Democracia na Laje

 

Após um mês, jovens da oficina de pintura em acrílico, participantes da primeira edição do Projeto Democracia na Laje, se reuniram para apresentarem suas telas e conversarem sobre os resultados, sobre os reflexos de como percebem o local onde moram.

Participantes do projeto discutem o resultado da oficina, com a participação do deputado Patrus Ananias

Participantes do projeto discutem o resultado da oficina, com a participação do deputado Patrus Ananias

A primeira edição do projeto, Nas Quebradas do Taquaril, foi finalizada com uma roda de conversa, realizada no último sábado (05.10), com a mediação do psicanalista Hugo Bento, que explorou o processo de criação e provocou os jovens participantes a se posicionarem. Muitas das telas foram produzidas a partir de uma fotografia e na sequência os esboços a lápis, depois preenchidos com pincel.

O psicanalista Hugo Bento fez a mediação da conversa e explorou o processo de criação

O psicanalista Hugo Bento fez a mediação da conversa e explorou o processo de criação

A iniciativa buscou o olhar dos meninos e meninas sobre o próprio território e resultou em imagens que retratam paisagens vistas da janela, caminhos percorridos, cenas cotidianas, pontos estratégicos na vida de cada um. “Vocês deram vida às telas, tem um pouco de cada um neste trabalho”, disse o arte educador e responsável pela oficina, Lucas Alfa.

 

Vocês deram vida às telas, tem um pouco de cada um neste trabalho – Lucas Alfa

Vocês deram vida às telas, tem um pouco de cada um neste trabalho – Lucas Alfa

 

Surgiram então histórias sobre as cenas pintadas. A rua com a bandeira brasileira já foi conhecida como a “estrada da dor”, devido a um episódio violento, envolvendo muitas mortes; os fuscas representam o interesse pessoal do jovem pintor; a religiosidade e o futebol  também aparecem nas telas; marcos culturais importantes do território não foram esquecidos; a barbearia ganhou personagens familiares, como o Léo Gordo, conhecido de todos; a topografia acidentada figura nas descidas e subidas; a favela, com casas e barracos desordenados que sobem os morros em sua harmonia singular, com diversas cores e diversos sóis predomina nas imagens.

IMG_0146

Nas Quebradas do Taquaril foi resultado de uma parceria entre o mandato do deputado federal Patrus Ananias e a Casa do Hip Hop. “Fiquei feliz em participar da roda de conversa com os jovens, familiares e educadores sociais. Pude comprovar a beleza do lugar, vista pelos próprios autores. Minha história com o Taquari é antiga, não é a primeira vez que venho aqui e quero voltar mais. E dentro das possibilidades do mandato, e falo em nome do vereador Pedro Patrus também, reafirmamos nosso compromisso com a cultura como desenvolvedora das potencialidades humanas”, disse o parlamentar, que foi presenteado com a tela que traz a presença do futebol no imaginário da comunidade.

IMG_0095

Nas Quebradas do Taquaril integra o projeto Democracia na Laje que busca a mobilização e a formação política em periferias de Belo Horizonte. “A proposta inclui o envolvimento de mais crianças e jovens de outras comunidades inclusive”, informou o deputado.

A oficina e a roda de conversa aconteceram na Casa do Hip Hop, no Taquaril. “É o único centro cultural do Taquaril, o único espaço de Hip Hop de BH e o primeiro de Minas, mas abriga uma série de culturas irmãs. A gente desenvolve e acolhe propostas como esta. É um espaço político para todas as coisas, um refúgio para a galera”, explicou o rap e educador social Blitz, também participante da roda de conversa.

O educador social Blitz foi um dos fundadores da Casa do Hip Hop

O educador social Blitz foi um dos fundadores da Casa do Hip Hop

A Casa do Hip Hop funciona de 18 às 22 horas e atende cerca de 300 crianças nos diversos cursos oferecidos, em sua maioria ministrados por educadores sociais, moradores da região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>