Patrus realiza palestra sobre educação pública na Unimontes

“Teremos escolas melhores à medida que nos tornamos cidadãos com consciência crítica”, afirmou o deputado Patrus Ananias na abertura da palestra “A Conjuntura Atual da Educação Pública no Brasil e seus desafios”, proferida na sexta-feira (24.05), na Unimontes, em Montes Claros.   O deputado explicou por que o atual governo federal quer manter as desigualdades, ou pior, aprofundá-las e impedir a juventude de pensar. Ele foi ouvido atentamente por cerca de 200 estudantes e professores, em sua maioria de Ciências Humanas. A palestra, seguida de debate, contou com a presença da deputada estadual Leninha.

20190524_201321 20190524_210825

CPI de Brumadinho: o poder econômico e o silêncio

Muito curioso como as coisas acontecem. Esta semana, alertei engenheiros ouvidos na CPI que seu comportamento isentando a Vale de responsabilidade traz para eles próprios a culpa da tragédia, como autores dos laudos que se provaram falhos e irresponsáveis.

Pois na última sessão, os engenheiros da TUV SUD, empresa alemã que atestou a segurança da barragem, chegaram com habeas corpus para a CPI. Permaneceram em silêncio diante das perguntas que investigam a responsabilidade pela tragédia criminosa que matou quase trezentas pessoas.

A cada dia minhas dúvidas vão se tornando certeza. Estamos tratando com uma empresa poderosa, que compra o silêncio e a omissão de pessoas. Mas isso não vai nos desanimar! Iremos até as últimas consequências em nome da justiça e da reparação pelo crime cometido pela Vale.

CPI de Brumadinho – sobre negligência e omissões

Segunda parte da minha participação na última sessão da CPI de Brumadinho. Mais uma vez, volto da CPI impressionado com o quanto as respostas dos representantes da Vale acabam reforçando minhas suspeitas.

Primeiro, chama a atenção a ausência de resposta sobre não instalar as sirenes do plano de emergência. Uma vez que exista um plano, entendo que exista um risco e uma precaução a ser tomada – mas que não foi. Segundo, nova ausência de resposta sobre o reflexo financeiro de acionar o plano e interromper os trabalhos da mina. Terceiro, e mais grave: respondendo sob orientação dos advogados da Vale, os engenheiros parecem não perceber que estão assumindo a culpa pelo acidente. Não percebem também o erro que é mentir para encobrir a empresa quando já existem indícios e mais indícios de que a Vale sabia dos riscos de rompimento.

Patrus Ananias: a Vale será responsabilizada

Patrus Ananias falou, em evento realizado em Brumadinho, sobre o papel da Vale nas tragédias recentes e das dificuldades na luta para exigir a responsabilização da empresa e a devida reparação por seus crimes em Mariana e Brumadinho. Diante do iminente rompimento da barragem em Barão de Cocais, fica ainda mais importante entender os desafios nessa luta por justiça!

Muitas bandeiras, muitas lutas: nas ruas pela Educação

Galeria

Esta galeria contém 19 fotos.

A manifestação contra o corte de verbas na educação foi também momento de outras lutas e movimentos sociais irem para as ruas. Foi o momento de ouvir que “A nossa luta unificou / É estudante junto com trabalhador”, logo depois … Continuar lendo

15 de Maio

Direto da greve geral do trabalhadores da educação, em Brasília, Patrus manda um recado a todos aqueles que saíram hoje às ruas de todo o país: força aos que estão lutando a boa luta!

O ‘desgoverno’ Bolsonaro quer desconstituir a educação brasileira, algo que não podemos permitir. Todos os que estamos protestanto, de forma democrática e pacífica, estamos lutando por um Brasil melhor, por um futuro mais digno e por um país mais desenvolvido.

Plenária do Mandato – é preciso defender a democracia

Existe um movimento organizado, orquestrado com a única finalidade de desconstituir toda a estrutura que oferece suporte àqueles que mais precisam. Estão destruindo o SUS, a educação pública, os programas de segurança alimentar e de proteção a comunidades em situação de risco. Atacaram os direitos trabalhistas. Querem avançar agora sobre o direito à aposentadoria. Não satisfeitos em destruir o presente, querem submissão absoluta – garantir que não haja futuro.

Historicamente,todas as vezes em que o período democrático foi quebrado no Brasil, isso aconteceu para atender interesses das elites e prejudicar os mais pobres. Para favorecer os mais ricos e submeter todos os que tem menos condições. Esse cenário está se repetindo de forma assustadora. É por isso que precisamos ir às ruas. A democracia está ameaçada no Brasil e nós precisamos conversar isso com as pessoas.

Patrus apóia o relançamento da Frente em Defesa dos Bancos Públicos

O meu compromisso com os bancos públicos brasileiros tem origem na minha história. No sertão de Minas, onde nasci, senti a importância do Banco do Brasil, da Caixa Econômica Federal e do Banco do Nordeste, que atuavam no apoio à agricultura, aos programas de moradia e à agroindústria, respectivamente.

59952486_2303866286344500_6288673419537940480_o

Mais recentemente, destaco nos governos Lula e Dilma o programa Minha Casa, Minha Vida, da CEF, e a importância do Banco da Amazônia e do BNDES para o desenvolvimento regional e nacional.

No relançamento da Frente Parlamentar em Defesa dos Bancos Públicos, que enfrentará as ameaças de privatização dos bancos públicos brasileiros, alertei para a importância de unificar as nossas lutas.

Os graves retrocessos que o desgoverno Bolsonaro vêm impondo ao país exigem de nós a unificação dessas lutas.

Enfrentamos no Brasil 3 grandes desafios que se convergem:
• a ameaça ao Estado Democrático de Direito, a democracia hoje no Brasil está ameaçada;
• a defesa dos direitos sociais, com as reformas trabalhista, da Previdência e o desmonte das políticas públicas; e
• a quebra da soberania nacional, com a entrega da Petrobras, das riquezas do Brasil e a privatização dos nossos bancos públicos.

Nesse encontro, afirmei às lideranças e às trabalhadoras e trabalhadores dos bancos públicos que essa frente deve ter claramente o compromisso de unificar essas lutas, unificar o povo brasileiro para vencermos essas forças do atraso, para retomarmos o caminho e deixarmos para as gerações futuras a pátria que queremos e merecemos.

No programa Ponto a Ponto, Patrus discute os cortes na educação e o desmonte das políticas sociais

Assista no link o programa Ponto a Ponto com o deputado Patrus Ananias!

https://www.facebook.com/patrusananias13/videos/476889666184523/

Captura de Tela 2019-05-13 às 11.54.26