Vitória da cultura brasileira

Convidado pelo vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos, o deputado Patrus Ananias participou ontem (23.02) da primeira reunião da Frente Parlamentar Mista de Combate à Fome e Segurança Alimentar, que vai unir funcionar integrada com a Frente Parlamentar de Segurança Alimentar e Nutricional, ambas criadas em 2019. O encontro definiu o cronograma de ação para enfrentamento à fome, como o levantamento de proposições sobre o tema que estão em tramitação na Casa.

A reunião decorre do grave momento em que vive mais da metade da população brasileira: 20 milhões de brasileiros vivem em situação de extrema pobreza, ou seja, passando fome; e 116 milhões vivem em situação de insegurança alimentar, sem saber se vão comer no dia seguinte.

Secretário –Geral da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Soberania Nacional e membro da Frente Parlamentar de Combate à Fome, Patrus considera importantes as doações e ações integradas com a sociedade civil, empresários, movimentos sociais e igrejas para o combate à fome, mas destacou a importância do poder legislativo na retomada de políticas públicas que garantam a efetividade e a participação do Estado para a segurança alimentar. Ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome no governo Lula, Patrus implementou o Programa Bolsa Família que, vinculando a outras políticas públicas, retirou o Brasil do Mapa da Fome.

“Nós já retiramos o Brasil do mapa da fome. Infelizmente ela voltou, o que é inaceitável em um país como o Brasil, um país continental, belíssimo, rico, que pode produzir alimentos o ano inteiro e que exporta alimentos. Nós temos que, em primeiro lugar, garantir o direito sagrado a uma alimentação saudável para toda a população brasileira”, afirmou.

Posts relacionados