Patrus debate desafios da Educação na FAJE

Participei ontem (14/03) à noite de uma conversa sobre Educação dentro do evento Tecendo Redes – Diálogos virtuais de Teologia Pastoral, promovida pela Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia.

Tenho o compromisso de atuar pela Educação e nesse sentido acompanho as matérias que tramitam no Congresso Nacional que tratam na implantação do Sistema Nacional de Educação, que tem o objetivo de estabelecer um padrão para a educação brasileira, fixando normas de cooperação entre a União, estados, municípios e Distrito Federal, para a oferta de ensino de qualidade em todas as escolas do País.

Duas propostas seguem no Congresso, uma na Câmara (PLP 25/2019) e outra no Senado (PLP 235/2019), e que devem ser acompanhadas pela sociedade, pois incide diretamente na vida das pessoas, crianças e adolescentes.

Uma educação de qualidade, que promova a cidadania e reduza as desigualdades, como preconiza o Plano Nacional de Educação (Lei 1305/2014), passa pela valorização das trabalhadoras e trabalhadores da Educação e por financiamento adequado, para promover as condições de infraestrutura e acesso a novas tecnologias que o momento exige.

Falei também da necessidade de entender o processo da Educação no nosso país – e para isso dei minha contribuição no ensaio “Educação e Política no Brasil hoje”, que escrevi para o livro dos 80 anos do padre Konings – e o desafio de criarmos uma educação voltada efetivamente para o conhecimento e o saber, a pesquisa e que alargue as avenidas e fronteiras do conhecimento, mas também que promova a cidadania.

Na questão do conhecimento, pensar que educação que queremos para o país e aprimorar e integrar todos os conteúdos curriculares desde a infância (as línguas pátrias, a matemática, ciências da vida, história e geografia, as artes – música, dança, artes plásticas etc. -, esportes, especialmente os coletivos).

Também atuar por uma educação voltada para os valores existenciais e convivenciais, que enfatizem o amor, a compaixão, a solidariedade e o compromisso com os direitos humanos e com a humanidade; nesse sentido, a questão ambiental é de extrema importância. Essa educação integral não necessariamente implica em aumento de disciplinas.

A educação deve ensinar as pessoas a pensar, e não formar seres cabisbaixos e individualistas, porque somos seres comunitários.

A gravação do evento está disposição em: https://www.youtube.com/watch?v=UggZTRETqBY

Clique aqui para baixar o ensaio “Educação e Política no Brasil hoje”: https://patrusananias.com.br/blog/wp-content/uploads/2022/03/Educação-e-Política-no-Brasil-Hoje.pdf

 

Posts relacionados