Proteção para os trabalhadores da Cultura

 

Praça Sete, 4/8/92 - Patrus e "O Sombra". Foto: Cecília Pedersoli

Praça Sete, 4/8/92 – Patrus e “O Sombra”. Foto: Cecília Pedersoli

A Câmara dos Deputados discute nas próximas horas o Projeto de Lei 1075/2020 que inclui os artistas desprovidos de renda nos benefícios aprovados pelo Congresso Nacional e garante a manutenção dos espaços culturais. Trata-se de um projeto de alta relevância. Integra a cultura na dimensão social.

A cultura brasileira em todas as suas dimensões é uma conquista do povo brasileiro. A nossa cultura, seja ela chamada de erudita ou popular – e com muita frequência elas se encontram – tem as suas raízes nas expressões da nossa gente. Elas se manifestam pelo nosso país afora e expressam muito das nossas diversidades e riquezas regionais.

A crise que nos foi imposta pelo coronavírus, acompanhada pela insensibilidade calculada do desgoverno Bolsonaro, deixou a maior parte dos artistas brasileiros e brasileiras desassistidos; artistas da música, do circo, do teatro, da dança, do cinema. O governo no poder segue dando mostras de que deseja sufocar a cultura e a arte brasileiras. Precisamos preservar a arte e os artistas, garantindo-lhes a digna sobrevivência e com eles preservar também o grande bem que nos trazem: a cultura brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>