Patrus denuncia interesse econômico por trás de proposta de arrendamento de terras indígenas

Num momento de graves ameaças aos povos indígenas e seu território, a PEC 187 precisa ser vista como uma delas. Primeiro, por sua clara e manifesta inconstitucionalidade, por não preservar os direitos dos índios à manutenção de seus costumes, organização social e direitos originais sobre as terras que ocupam.

Segundo, porque não devemos nos enganar sobre as verdadeiras intenções deste projeto. Nas entrelinhas, a PEC é a porta de entrada do agronegócio nas terras indígenas.

Não há nenhuma solidariedade com os indígenas nesta PEC. O projeto é sutil, mas objetivo é muito claro! O que está presente aí é desmontar as comunidades, as tradições indígenas e abrir essas comunidades para o espaço do dinheiro. E isso nós não iremos permitir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>