Patrus participa da Festa do Senhor do Bonfim em Bocaiúva

Patrus somou-se no domingo a milhares de conterrâneos e de visitantes reunidos em Bocaiúva para a edição 2018 da Festa do Senhor do Bonfim.

Ele participou, à tarde, da procissão do Senhor do Bonfim, que percorreu as principais ruas da cidade ao longo de duas horas e meia.

Patrus voltou a BH na manhã desta segunda. Às 18h30 ele estará em Roda de Conversa sobre Democracia e Políticas Sociais com o deputado estadual André Quintão, na Pizzaria Villa Floriano (Av do Contorno, 3277).

36817627_1863002253764241_256926232136908800_n 36888038_1863002353764231_335390040479760384_n

 

Patrus e Leninha se reúnem pela criação do Centro de Cultura de Montes Claros

Patrus e a pré-candidata do PT à Assembleia mineira, Leninha Souza, se reuniram nessa manhã com dirigentes do Levante da Juventude e com o secretário de Cultura de Montes Claros, João Rodrigues. Trataram da criação do Centro de Cultura, que o Levante reivindica e Patrus apóia.36694720_1859263957471404_5703930359675092992_n 36684878_1859264077471392_2768048302774550528_n 36740344_1859264167471383_2251865449375465472_n

Energia não é um bem de mercado, é um setor estratégico ao desenvolvimento do país

Em entrevista ao programa “Câmara Hoje”, Patrus analisa a aprovação do texto principal do projeto que permite a privatização de 6 distribuidoras de energia sob controle da Eletrobras.

“É a venda de um bem estratégico para a soberania, para que o país decide seus próprios rumos de desenvolvimento”, diz. “Além disso, é a venda das águas. Tudo isso entregue a um capital internacional que busca o lucro, mas o lucro para seus próprios países de origem.”

Patrus defende a unificação das Frentes que lutam em favor da vida

Patrus defendeu, durante audiência da Comissão Especial que debate a criação da Política Nacional de Redução dos Agrotóxicos, a unificação de diversas frentes que lutam em favor da vida.

As forças da direita estão a favor do capital e existe uma grande indústria da doença. Por isso, é essencial uma sintonia entre pessoas que compartilham a mesma luta em igrejas, escolas, universidades, movimentos sociais… Combater os agrotóxicos, compreender a função social da terra e preservas as águas são lutas pela vida.

Patrus: “Lula está vivo e presente no coração das pessoas”

Entrevistado sobre a última pesquisa CNI/Ibope, divulgada na quinta-feira (28 de junho), o deputado federal Patrus Ananias foi direto em sua análise. Para ele, os números mostram claramente que o ex-presidente Lula e seu projeto de governo progressista seguem vivos no coração e na memória das pessoas.

O deputado ressaltou que os números também mostram que o país rejeita o governo golpista: “agonizante”, como ele o descreve.

Patrus reafirma apoio à Associação Paulo de Tarso

Patrus reafirma compromisso de apoiar a Associação Paulo de Tarso, instituição que beneficiou com a destinação de emendas parlamentares em 2017 e 2018.

A Associação Paulo de Tarso mantém o hospital de cuidados prolongados e o centro assistencial Paulo de Tarso em Belo Horizonte e em Paraopeba. E atua há 40 anos cuidando de pessoas carentes, sobretudo crianças com necessidades especiais e portadoras de síndromes raras.36306530_1844775382253595_5111906819144417280_n

Patrus: Lula é um preso político

Patrus prestou depoimento na manhã desta terça-feira (26) ao juiz Sérgio Moro como testemunha de defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na ação da Operação Lava Jato, que investiga a propriedade do sítio de Atibaia (SP).

Na saída, Patrus disse que em 40 anos de amizade com o presidente Lula, nunca tinha ouvido falar do sítio em Atibaia. “Nesses 40 anos de convivência fraterna, eu sempre encontrei o presidente Lula comprometido com as questões nacionais, com o Brasil, com a questão dos pobres, com justiça social, e nunca, nunca, jamais vi o presidente falar ou se referir a qualquer ato que compromete os princípios e valores éticos”, pontuou.

O deputado falou também que Lula é um “preso político” e que o ex-presidente continua sendo o candidato do PT nas eleições deste ano. “Nós entendemos, com base jurídica, que o presidente Lula é um preso político. Nós vamos de forma democrática, mas de forma vigorosa, determinada, lutarmos em todos os níveis e instâncias pela candidatura do presidente Lula. Ele é a maior liderança política do país. Mesmo preso, ele continua liderando as pesquisas, continua firme e presente no coração e na mente da maioria do povo brasileiro”

Leia a matéria completa em: https://www.conversaafiada.com.br/politica/patrus-ananias-lula-e-um-preso-politico

13ece4af-6604-4eba-85a2-b866b82aa601

Patrus acusa de humanocida a indústria de agrotóxicos

A indústria da morte e seus aliados no Congresso Nacional ameaçam tentar outra vez, na semana que vem, avançar mais um passo na tentativa de favorecer a venda de agrotóxicos no Brasil.

Querem aprovar o projeto de lei 6299, já aprovado no Senado, que praticamente LIBERA a produção e o uso de venenos agricolas no pais. Integrante da Comissão Especial que discute a proposta na Câmara, Patrus se opõe vigorosamente à aprovacao, como fez nesta semana ao falar pela bancada do PT.

“PL do Veneno” que facilita liberação de agrotóxicos enfrenta resistência do PT e da sociedade civil

“Apesar da resistência da sociedade civil, de várias entidades ambientalistas, de pesquisadores da área da saúde, de organismos internacionais e de parlamentares progressistas, a comissão especial que analisa o chamado ‘PL do Veneno’ (PL 6.299/02) se aproxima da consumação de mais um retrocesso sem precedentes, que levará mais veneno ao meio ambiente e à mesa dos brasileiros.

[…] De autoria do atual ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP), o projeto flexibiliza o consumo de agrotóxicos no Brasil, fazendo o País voltar muitas décadas no tempo.

Desde que o debate desse tema foi ressuscitado na Câmara, parlamentares e entidades contrárias ao PL denunciam que, por trás da tentativa de facilitar no Brasil o uso de venenos que já são proibidas em outros países, existem interesses de grandes multinacionais produtoras dessas substâncias.”

Matéria completa em: https://ptnacamara.org.br/portal/2018/06/19/pl-do-veneno-que-facilita-liberacao-de-agrotoxicos-enfrenta-resistencia-do-pt-e-da-sociedade-civil/