Dia Internacional de Luta pela Reforma Agrária

Nada mais fundamental que destacar a importância dos movimentos sociais neste Dia Internacional de Luta pela Reforma Agrária. A sessão solene da qual participei nos dá a oportunidade de prestar o devido respeito, mas também de fazer um alerta: que é preciso proteger as entidades que protegem os mais pobres, que defendem as mulheres e homens do campo.

Os direitos sociais não caem do céu nem brotam da terra. Eles são conquistados. E nós precisamos dos movimentos sociais para que essa conquista se dê de forma pacífica, mas também de maneira organizada, combativa e incisiva.

Não podemos permitir, como quer este governo, a criminalização dos movimentos sociais. Defender entidades como a Via Campesina e o MST é defender o nosso povo brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>