Criada Comissão Externa da Câmara dos Deputados para acompanhar acordo entre a Vale e o Governo de Minas

Parlamentares exigem transparência nas negociações e participação dos atingidos pela tragédia criminosa

Marcha dos atingidos - Isis Medeiros

Foto: Marcha dos atingidos – Isis Medeiros

O deputado Patrus Ananias é um dos integrantes da Comissão Externa para acompanhar e fiscalizar as negociações do acordo entre o governo de Minas e a Vale. A comissão, criada pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, vai examinar de perto as indenizações e reparações envolvendo a tragédia criminosa do rompimento da barragem de Brumadinho (MG), a fim de garantir a transparência e a participação direta dos atingidos.

O rompimento da barragem de Brumadinho, ocorrida em janeiro do ano passado, provocou a morte 270 pessoas, sendo que 11 vítimas permanecem desaparecidas.

Foto: Cristiane Mattos   - Reuters

Foto: Cristiane Mattos - Reuters

No último dia 17, não houve consenso entre o governo de Minas, instituições jurídicas e a Vale, em audiência realizada no Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). O governo de Minas reivindicou R$ 54 bilhões, mas a mineradora ofereceu cerca de R$ 21 bilhões. Próxima audiência está marcada para o dia 9 de dezembro.

Segundo o requerimento para a instalação da Comissão Externa, o governo de Minas e a mineradora Vale negociam um acordo com valor de indenização inferior à metade do que havia sido calculado pelo Ministério Público e a justiça. A primeira proposta da Vale para o acordo foi R$ 16,5 bilhões, porém os cálculos do Ministério Público estipularam R$ 54 bilhões para indenização e reparação. “A negociação ainda excluiu a participação dos atingidos e ocorre a revelia do Poder Legislativo estadual e federal”.

Os parlamentares registram ainda que a Vale obteve um lucro líquido de R$ 15,6 bilhões somente no terceiro trimestre de 2020, mais que o dobro dos R$ 6,5 bilhões registrados no mesmo período do ano passado, “o que não justifica abaixar o valor da indenização”.

Sete parlamentares mineiros integram a Comissão: Rogério Correia (PT-MG), coordenador, Patrus (PT-MG), Padre João (PT-MG), Áurea Carolina (PSOL-MG), Júlio Delgado (PSB-MG), Vilson da Fetaemg (PSB-MG) Zé Vitor (PL-MG). Gilberto Abramo (Republicanos-MG) e André Janones (Avante-MG).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>