Patrus recebe o embaixador da União Européia no Brasil

Uma extensa troca de informações e observações marcou o dia de ontem, no gabinete de Patrus na Camara, com o encontro do deputado e o embaixador da União Europeia no Brasil, João Gomes Cravinho.

O encontro foi pedido pelo embaixador, estendeu-se por mais de uma hora e meia e teve por tema a conjuntura no Brasil e na Europa. Cravinho estava acompanhado por Maria Luiza Benitez-Donoso, primeira-secretaria da delegação da UE no Brasil para Assuntos Políticos, Econômicos e de Informação.

34725818_1818144641583336_2917206796068192256_n

A fome e a pobreza extrema trazidas pelo Golpe: “uma página virada do Brasil está de volta”

Patrus fala sobre a volta de pessoas pedindo esmola e comida nas ruas depois de o Brasil ter saído do Mapa da Fome nos governos Lula e Dilma: “o que parecia uma página virada na história do Brasil está de volta”.

Ele também denuncia que a CPI Incra-Funai — instaurada na Câmara Federal e que, teoricamente, destinava-se a apurar eventuais irregularidades — tinha o objetivo de acabar com qualquer tipo de demarcação de terra indígena, quilombola, comunidades e populações tradicionais.

Patrus se filia à Associação Brasileira de Juristas pela Democracia

Ao discursar na sede mineira da Associação de Defesa da Classe Trabalhadora, Patrus se tornou um dos primeiros filiados da Associação Brasileira de Juristas pela Democracia de Minas. Durante sua fala, o deputado reafirmou seu compromisso de lutar a favor da liberdade, da justiça social e do Estado Democrático de Direito.

Pedro Patrus e a influência de Patrus na preferência pelas causas dos pobres

Ao falar de sua atuação política, o vereador Pedro Patrus conta que seu aprendizado e a preferência pelas causas dos pobres teve influência direta de seu pai, Patrus Ananias.

Patrus se encontra com a comunidade do Quilombo de Palmeirinha, em Pedras de Maria da Cruz

Um encontro com a comunidade do Quilombo da Palmeirinha, no município de Pedras de Maria da Cruz, encerrou ontem mais uma jornada cívica de Patrus pelo Norte de Minas Gerais.

Patrus foi recepcionado pelo vereador Agmar do Quilombo (PT) e conversou com algumas das 220 famílias que formam a comunidade quilombola de Palmeirinha.

Pedras de Maria da Cruz é um dos municípios do norte Mineiro beneficiados por verbas de emendas de Patrus ao orçamento da União.

A Associação dos Pequenos Produtores de Leite, que reúne parte dos quilombolas, foi favorecida no ano passado por mais de 220 mil reais para investimentos; e será beneficiada também neste ano por mais 200 mil reais.

Patrus também destinou mais de 50 mil reais para o Centro de Saúde de Pedras de Maria da Cruz.

33032545_1799831300081337_7821598872987238400_n 33074579_1799831443414656_5595330153090646016_n 33057981_1799831166748017_2821724867009708032_n 33079911_1799831046748029_8507413349527453696_n 33038449_1799831576747976_757619444896759808_n 33020120_1799831666747967_7010565831817953280_n 33152702_1799831370081330_1609005043841761280_n

Patrus participa de seminário sobre “O Golpe de 2016″ na PucMinas

“Grande parcela do Judiciário e do Ministério Público está possuída pelo conservadorismo e pelo antilulismo”, acusou Patrus ao participar na noite passada, no campus da PUC Minas, do seminário “O golpe de 2016 e o futuro da democracia no Brasil”.

O seminário, de dois dias, reuniu mais de mil estudantes, professores e convidados em palestras, debates e minicursos.

A mesa final, de que Patrus participou, foi coordenada pelo professor Lucas Gontijo e formada também pelos professores Juarez Guimarães e Dimas de Souza e pela diretora do SindUTE Patrícia Pereira.

Patrus: O que nos cabe hoje é defender o Brasil e o povo brasileiro

No ato lançamento da campanha “O petróleo é do Brasil”, nesta quarta-feira, 9, pelas frentes parlamentares em defesa da Petrobras e da soberania nacional, Patrus contextualizou a defesa do petróleo no quadro mais amplo de violações dos direitos sociais:

“Eu pretendo dar um depoimento aqui vinculando a entrega do petróleo, da Petrobras, a uma operação mais ampla de desmonte que estamos assistindo no Brasil. De um lado estamos vendo o desmonte dos direitos sociais. Tudo o que diz respeito aos pobres, às classes trabalhadoras, está sendo desconstituído. Tudo que nós construímos a partir do início do primeiro mandato do grande governo do presidente Lula – o melhor da nossa história – está sendo negado.

Nós vimos isso inicialmente na PEC 241 na Câmara (55 no Senado) que se tornou a Emenda Constitucional 95 descaracterizando a Constituição Cidadã e congelando por 20 anos o Brasil. Vinte anos sem investimentos em educação, em saúde, cultura, saneamento básico, assistência social, segurança alimentar, pesquisa e por aí afora.

Depois tivemos a chamada reforma trabalhista. Eles diziam que a nossa CLT era velha, de 1943. Fizeram então um retorno ao século XIX, ao período anterior ao Direito do Trabalho – porque a reforma aprovada aqui não é reforma, mas o início do fim do Direito do Trabalho no Brasil, que tem sua referência fundamental no ordenamento jurídico e na Constituição.

Ao lado desse desmonte dos direitos sociais – e citei aqui só dois exemplos – vemos o desmonte da soberania do nosso país. A entrega esquartejada, parcelada, da Petrobras. A tentativa, contra a qual estamos lutando bravamente na Câmara, de privatização da Eletrobras e, junto com ela, de privatização das nossas águas – porque o setor elétrico brasileiro tem sua referência básica em hidrelétricas.

Estamos aqui reunidos para resistirmos à privatização da Petrobras – o petróleo e a Petrobras são do Brasil, pertencem ao povo brasileiro – mas é importante nós contextualizarmos a defesa da Petrobras nesse território mais amplo. O que nos cabe hoje é um tarefa heróica e histórica, mas generosa: está nas nossas mãos defender o Brasil e defender o povo brasileiro.”

Patrus participa de café no Sindibel

Patrus esteve presente em café realizado pelo Sindibel e traçou uma breve trajetória sobre sua vida política, destacando sua atuação na criação e na execução de políticas públicas.

Além de reafirmar sua candidatura nas eleições deste ano, o deputado relembrou a implantação do Orçamento Participativo, quando prefeito de Belo Horizonte, e destacou a importância da retomada da democracia participativa.

O presidente do sindicato, que representa cerca de 40 mil servidores municipais, ressaltou que, neste momento, a base anseia por novidades. “A nossa base precisa de propostas, sobretudo, mais específicas que vá ao encontro dos interesses dos servidores”, disse.

Matéria em: http://sindibel.com.br/sindibel-recebe-o-deputado-federal-patrus-ananias-em-cafe/

20180507_130000-1024x768

 

 

Comissão de Direitos Humanos com Patrus é impedida de visitar Lula

Estivemos nesta tarde na carceragem da PF em Curitiba, integrando uma comissão externa instituída pela Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados (CDHM) para verificar as condições em que se encontra o ex-presidente Lula

Novamente, a arbitrariedade e o Estado de exceção impostos IMPEDIRAM que a CDHM visitasse o presidente Lula, mantido em cárcere político desde o dia 7 de abril. Retornaremos novamente, até que se respeite um órgão da importância da Comissão de Direitos Humanos diante da sucessão de atos autoritários que estão mais do que expostos na justiça brasileira.

Matéria em: http://www.redebrasilatual.com.br/politica/2018/05/comissao-de-direitos-humanos-da-camara-e-impedida-de-visitar-lula

6292d1fc-e46f-49f8-97a9-49450e7c6f1b

Seminário com Patrus debate o Golpe de 2016 e o futuro da democracia no país

O golpe parlamentar de 2016 e as consequências sobre o futuro da democracia no Brasil será debatido em um seminário nos dias 15 e 16 de maio, na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC/MG). Os inscritos poderão participar das mesas de debates nos dois dias do evento, além de um minicurso por dia.

Vários acadêmicos mineiros e convidados participarão do evento, entre eles o deputado federal Patrus Lula Ananias (PT-MG) – Mestre em Direito Processual e professor de Direito da PUC/MG- e o sociólogo e cientista político Emir Sader, da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ).

Para se inscrever no seminário os interessados devem preencher o formulário no seguinte endereço:

https://docs.google.com/…/1FAIpQLSeFZaSISZZAVmCwsE…/viewform

patrus-gustavo-850x491