Indicado por Patrus e bancada do PT, FNPE vence o Prêmio Darcy Ribeiro 2019

Em votação na Comissão de Educação da Câmara, hoje (14/08), foram indicados três vencedores do Prêmio Darcy Ribeiro 2019, entre 10 finalistas : o Fórum Nacional Popular de Educação (FNPE), indicado pelo deputado Patrus Ananias (PT/MG) e pelos demais deputados do PT que fazem parte da Comissão; Jayse Antônio da Silva Ferreira, educador pernambucano, e a União Nacional dos Dirigentes Municipais (Undime).

68564563_2473663759364751_214928353994473472_n

O Prêmio Darcy Ribeiro de Educação, regulamentado em 2000, consiste na entrega de diploma de menção honrosa e medalha com a efígie de Darcy Ribeiro a três pessoas e/ou entidades, cujos trabalhos ou ações mereceram especial destaque na defesa e promoção da Educação no Brasil.

A premiação será concedida às entidades e ao educador no dia 29 de outubro, no Salão Nobre da Câmara dos Deputados.

Sobre os premiados

O Fórum Nacional Popular de Educação (FNPE) é uma articulação inovadora, plural e representativa que reúne mais de 35 entidades nacionais do campo educacional e se mobiliza em defesa da educação. O Fórum é um espaço coletivo e democrático de construção de políticas educacionais.

O educador pernambucano Jayse Antônio da Silva Ferreira faz parte do Conectando Saberes, grupo com quase 400 educadores. O professor desenvolveu o projeto “Eu sou uma obra de arte – Etnias do mundo” para valorizar a diversidade racial na escola. O educador recebeu o Prêmio Professores do Brasil, em 2014 e 2017, concedido pelo Ministério da Educação. Atualmente, o professor trabalha nas redes estadual e municipal, onde dá aulas para quase 500 estudantes, entre 14 e 18 anos.

A União Nacional dos Dirigentes Municipais (Undime) é uma entidade nacional que congrega os dirigentes municipais de educação. Fundada em outubro de 1986, é uma associação civil sem fins lucrativos, sendo autônoma. Por meio da Undime, as secretarias municipais de Educação estabelecem redes de intercâmbio de informações e experiências.

Patrus participa de Encontros de Mulheres Indígenas e Camponesas

O deputado federal Patrus Ananias (PT-MG) participou do Seminário de Mulheres do Campo (PT), no Pavilhão do Parque da Cidade, em Brasília, esteve na primeira Marcha das Mulheres Indígenas e manifestou apoio à Marcha das Margaridas.

Patrus saudou as camponesas, que realizam a Marcha das Margaridas hoje (14/08) e abordou temas como a preservação da terra e da água por meio de práticas agroecológicas e as políticas de educação e saúde, de acordo com a cultura indígena.

67905032_2473340692730391_6488023579257470976_n 67959599_2473341012730359_6514884437870641152_n

“Que nós tenhamos aqui um belíssimo encontro, dias muito bons, anunciadores do Brasil que nós queremos e que, sobretudo, os nossos filhos e nossos netos merecem: uma Pátria soberana, justa, solidária e fraterna, onde as pessoas possam viver com dignidade, onde todos possamos nos alimentar bem, com alimentos saudáveis, que possa efetivamente promover a saúde e a vida das pessoas”, desejou Patrus.

No encontro com as mulheres indígenas na Câmara, o deputado anunciou o lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Soberania Nacional, no início de setembro. “Estou convencido que a soberania nacional passa pela afirmação e pela preservação dos direitos e da cultura dos povos indígenas”, afirmou Patrus, coordenador da frente parlamentar.

68811397_2473341612730299_8790213443908009984_n

“Os povos indígenas estão presentes na história do Brasil, na nossa formação. Por isso, eu considero fundamental a preservação dos seus territórios, da sua cultura, da sua identidade e dos seus valores. Reconhecendo inclusive na multiplicidade o pluralismo das nossas diferentes comunidades indígenas”, enfatizou Patrus.

68378439_2473340299397097_4098929058576859136_n

O deputado disse que o compromisso é com a defesa dos territórios indígenas. “Nós sabemos que a questão dos territórios é essencial para a identidade dos povos indígenas, que têm com a terra uma relação muito especial”, afirmou Patrus. “No momento em que estamos defendendo o nosso patrimônio, a questão do meio ambiente, a preservação das nossas águas, das nossas nascentes, ecossistemas, biodiversidade, nós sabemos que os territórios indígenas cumprem um papel fundamental nessa luta, nessa tarefa que se coloca hoje para todo o povo brasileiro”, acrescentou o deputado.

68744731_2473340512730409_6137993592993480704_n

Patrus disse que “além de preservar nossos territórios, precisamos também levar saúde aos territórios indígenas, mas uma saúde indígena, como vocês estão ensinando aqui: não é ficar distribuindo remédios tradicionais, antibióticos, mas valorizar a cultura indígena também na questão da saúde. Levar a educação, mas também a educação que valorize a cultura indígena, que reforce a questão das línguas”.

Programa Estágio Visita – Arthur Barbosa Ramos

Hoje, passo a palavra para os mais jovens. O universitário Arthur Barbosa Ramos, estudante de economia na UNA – Belo Horizonte, veio a Brasília esta semana como meu convidado no programa Estágio Visita.

O projeto é uma forma de permitir aos estudantes que venham conhecer mais sobre os procedimentos e o trabalho do Congresso Nacional, levando estes conhecimentos de volta para suas salas de aula e para suas carreiras.

Mas vamos ouvir do próprio Arthur o que há de mais importante nessa experiência:

CPI do Crime da Vale aceita requerimentos de Patrus para audiências

A CPI do Rompimento da Barragem de Brumadinho aprovou a convocação do ex-ministro de Minas e Energia Moreira Franco para prestar informações à Comissão.

A CPI aprovou também o requerimento do deputado Patrus Ananias (PT-MG) para ouvir a ex-ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Ellen Gracie, Coordenadora do Comitê Independente de Assessoramento Extraordinário de Apuração (CIAEA).

O Comitê foi criado pela Vale S.A. para apoiar seu conselho de administração na apuração de causas do rompimento da Barragem I, da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG).

A pedido do deputado Patrus, serão ouvidos também os deputados Gustavo Valadares (PSDB-MG) e André Quintão (PT-MG), respectivamente presidente e relator da CPI da Barragem de Brumadinho, instalada na Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

A Comissão convocou também os funcionários da empresa TÜV SÜD, que atestou a segurança da barragem de Brumadinho. Além disso, a CPI aprovou requerimento de informações à Vale sobre o plano de ação adotado para evitar o rompimento de outras barragens sob a responsabilidade da empresa.

60325847_2315560785175050_1656801845093335040_n

Deputados da oposição obstruem votações contra o corte do orçamento da Educação

Deputados da oposição OBSTRUÍRAM todas as votações da sessão ordinária de ontem da Câmara em protesto ao corte de 30% do orçamento das universidades e dos institutos federais, anunciado pelo Ministério da Educação.

A intenção da oposição é obstruir todas as votações em plenário até que o governo Bolsonaro recue no corte orçamentário imposto às universidades e aos institutos federais.

O deputado Patrus Ananias participou da reunião da Frente Parlamentar Pela Valorização das Universidades Federais que decidiu pelo enfrentamento ao governo Bolsonaro, a começar pela obstrução das votações na Câmara.

59745203_2300166476714481_4431192586203430912_o

A Frente decidiu ainda estudar medidas legais que revertam os cortes orçamentários; articular com as demais frentes do ensino superior público ações que repercutam na mobilização em defesa da educação superior pública; requerer urgência para a votação do PLP 08/2019, que determina que os recursos do Orçamento da União para as universidades públicas federais e os institutos federais não sejam objeto de limitação de empenho e movimentação financeira, entre outras medidas.

IX Reunião dos Prefeitos Mineiros com a Bancada de Parlamentares de Minas Gerais no Congresso

Ontem nós tivemos mais uma edição do encontro dos prefeitos mineiros com a bancada dos Parlamentares de Minas na Câmara dos Deputados. Um evento que reúne legislativo e executivo, com políticos de diferentes partidos e pensamentos para conversar sobre objetivos comuns.

Foi inevitável pensar no que acontece hoje no país, pensar em como se tornou quase impossível conviver com o pensamento diferente. Acredito que a retomada do diálogo é fundamental para encontrarmos saídas para a crise econômica que os municípios mineiros enfrentam, mas não somente isso.

Restabelecer o diálogo é indispensável para resolvermos também nossos problemas como país.