Ausência de participação popular e falta de transparência marcam processo de implantação do Rodoanel da RMBH

O mandato do deputado Patrus Ananias manifesta apoio às lideranças comunitárias, políticas, religiosas, sociais, ativistas militantes de associações, coletivos, movimentos sociais populares e de organizações socioambientais que enfrentam o autoritarismo e a falta de transparência na condução do processo de implantação do Rodoanel da Região Metropolitana de Belo Horizonte.

O Rodoanel impacta diretamente 13 dos 34 municípios da região e é mais um produto do acordo feito entre a Vale S/A e o Governo de Minas, sem a participação dos atingidos pelo crime cometido em Brumadinho. A ausência de participação popular também marcou a realização das quatro audiências públicas, promovidas pelo governo Zema para debater com a população os impactos sociais, ambientais e econômicos de empreendimento de tal magnitude.

A obra, que prevê pista dupla com uma extensão de 100,6 quilômetros, com quatro alças (Norte, Sul, Oeste e Sudoeste), atinge sítios históricos e arqueológicos; unidades de conservação, territórios protegidos e corredores ecológicos; comunidades quilombolas; agricultores familiares; moradias, escolas, unidades de saúde e até cemitérios estão sob ameaça.

Outra questão fundamental é o impacto nos recursos hídricos, na água que abastece Belo Horizonte e região. Ao devastar a vegetação, Mata Atlântica e Cerrado, destruir nascentes e cachoeiras, o empreendimento ameaça a vida de animais e humanos.

O MANIFESTO CONTRA O RODOANEL, RODOMINÉRIO E ESTRADA DA MORTE EM BELO HORIZONTE E REGIÃO METROPOLITANA, que também tem a minha assinatura afirma: “Não pode o Estado dar continuidade ao projeto sem a elaboração dos necessários estudos de impactos ambientais, sociais, históricos, arqueológicos e econômicos, sem as devidas considerações técnicas e periciais, tampouco sem uma consulta efetiva às milhares de pessoas das comunidades potencialmente atingidas, inclusive com consulta livre, prévia e informada às comunidades tradicionais que serão afetadas por este megaempreendimento…”

E em outro trecho: “Se for construído, o rodoanel será na prática rodominério para a Vale S/A e outras mineradoras ampliarem mineração em BH e RMBH. O Rodoanel não resolverá o problema da mobilidade em BH e RMBH, mas será na prática infraestrutura para a mineradora Vale S/A e outras..”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *