Patrus participa da ação Cartas para Lula

No Terminal Rodoviário de Uberlândia, Patrus participa da ação Cartas para Lula, ajudando a escrever e a recolher cartas para o presidente, preso de forma arbitrária e injusta em Curitiba

#LULALIVRE

“A campanha contra a política é uma campanha contra o Brasil”

Patrus fala a jovens estudantes em Uberlândia:

“Existe uma campanha para desacreditar a política. Existiram ministérios com orçamentos bilionários sem qualquer denúncia de corrupção.

A campanha contra a política é uma campanha contra o Brasil. É na política que se discutem as questões coletivas, a sociedade, a segurança pública.”

 

A AÇÃO DE RECUPERAÇÃO DO RIO DOCE É UM CRIME QUE SE RENOVA?

Patrus questiona o presidente da Fundação Renova, Wilson Nélio Brumer, sobre a exclusão de representantes da sociedade -movimentos sociais, entidades, escolas, igrejas e comunidades – nas decisões sobre a reparação da tragédia causada pelo rompimento da barragem da Samarco em Mariana, em 2015.

Patrus cobrou esclarecimentos de Brumer durante audiência na comissão que debate a privatização do setor elétrico.

Em 07 de maio, audiência pública em BH para discutir a privatização do Setor Elétrico

Belo Horizonte será sede, no próximo dia 7 de maio, de audiência pública da Comissão Especial da Câmara Federal que discute a privatização do setor elétrico.

Proposta pelo deputado Patrus Ananias e marcada nesta quarta, 25, pela Comissão Especial, a audiência será realizada na Assembléia Legislativa.

Trata-se do terceiro evento que Patrus traz a Belo Horizonte desde que reassumiu o mandato de deputado federal, em maio de 2016. Propostas de Patrus trouxeram à capital mineira também uma audiência pública da Comissão Especial que discutiu a reforma trabalhista e o ato de lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Soberania Nacional.

31356183_1774837882580679_4946669381338791936_n

 

PATRUS EM UBERLÂNDIA

O deputado federal Patrus Ananias (PT-MG) estará nesta sexta-feira no terminal central de ônibus de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, onde participará de ato de recolhimento de cartas endereçadas ao ex-presidente Lula. O início do ato está marcado para 18 horas.

Patrus chegará a Uberlândia no fim da tarde desta quinta, 26, e cumprirá agenda na cidade até a noite de sexta. Na noite da própria quinta, encontrará estudantes e professores.

31289701_1774237882640679_4355057547783176192_n

Na sexta se reunirá com religiosos e visitará o ex-prefeito Gilmar Machado. Também visitará um assentamento e, depois do ato por Lula no terminal rodoviário, encontrará líderes do PT em Uberlândia e outros municípios.

A visita a Uberlândia encerrará a semana que o deputado Patrus iniciou em Curitiba e continuou na Câmara, em Brasília.

 

Em Curitiba, Patrus se reúne com o Diretório Nacional do PT por #LulaLivre

Em Curitiba, atual sede do PT na luta por #LulaLivre, o deputado Patrus falou para o Diretório Nacional do PT no debate de conjuntura de hoje, junto da presidenta Gleisi, da presidenta Dilma e de Romênio Pereira.

31250383_1772107469520387_5437083921315528704_n

DIA DE TIRADENTES OU DE JOAQUIM SILVÉRIO?

Patrus alerta no Ato Lula Livre, hoje pela manhã na Praça Tiradentes em Ouro Preto:

“Neste dia de Tiradentes, nós vemos um Brasil que homenageia os delatores. Os “Joaquim Silvério” do nosso tempo. Para ter os benefícios da delação, eles dizem o que querem ouvir os juízes e promotores.

E isso sempre na ideia determinada de impedir que a maior liderança política do Brasil, o presidente Lula, concorra às eleições. A prisão de Lula é parte de um plano maior – de entregar o estado brasileiro para as mãos do grande capital, entregar os bens do Brasil a quem apenas busca lucro, sem impedimentos.

A prisão de Lula não é a apenas política – ela é perversa. Deixar Lula praticamente incomunicável é parte da perversidade desse plano”

#LulaLivre
#LulaInocente
#LulaPresidente

A saída é o Congresso do Povo

Em palestra no Encontro Municipal do PT de Sabará, Patrus aponta Congresso do Povo e comitês pela democracia e por Lula como caminhos de resistência aos golpistas.

DECRETO DE PRIVATIZAÇÃO AGRIDE O CONGRESSO E AMEAÇA A SOBERANIA

Há dois anos é assim: todos os dias o governo dos golpistas entrega partes do patrimônio brasileiro, da soberania nacional.

A quinta-feira, 19, foi exemplar. Num só dia o chefe do governo decretou a entrega da Eletrobras e o presidente da Petrobras anunciou a venda de quatro refinarias.

Alargando amplamente o caminho de favorecimentos e de privilégios ao setor privado, sobretudo ao capital internacional, o decreto assinado por Michel Temer inclui a Eletrobras no Programa de Desestatização.

Essa iniciativa fere o interesse nacional, ameaça a soberania do país e agride o Congresso, onde uma Comissão Especial começou recentemente a discutir uma proposta de privatização daquela empresa e, de resto, de todo o setor elétrico.

Reafirmo o que tenho dito na comissão da Câmara, em que participo da representação do PT: ao privatizar o setor elétrico, o governo está entregando as nossas águas e tornará a energia mais cara para todo o povo brasileiro. É disso que se trata. E se trata, também, de mais um desdobramento do golpe de 2016. Estamos vendo, de um lado, o desmonte dos direitos sociais; e vemos, de outro lado, com a privatização da Petrobras, com a entrega do pré-sal, com a privatização das nossas águas, a entrega das riquezas, do patrimônio e da soberania brasileira.

É assustador que algumas lideranças, no Brasil, exponham a crença de que os estrangeiros investem aqui porque são bonzinhos. Isso não é verdade. Os estrangeiros vêm para ganhar dinheiro, acumular lucros e sair daqui quando essa saída se tornar conveniente aos interesses deles.

Impõe-se, portanto, cada dia mais, considerar o interesse nacional como questão fundamental quando discutimos a privatização da Eletrobras.

Patrus Ananias
Deputado federal PT-MG

30688810_1759730870758047_7940258520044142592_n

 

Em Ouro Preto e Sabará, encontros para lutar por Lula e pela democracia neste fim de semana

O próximo fim de semana será mais 2 dias de luta de Patrus pela democracia e pela libertação de Lula.

Na manhã de sábado (21), Patrus participará da marcha Lula Livre, que reunirá em Ouro Preto militantes e dirigentes do PT, de outros partidos e de movimentos populares e sociais. A marcha começará na estação rodoviária e terminará em ato público na Praça Tiradentes.

Na manhã de domingo (22), Patrus estará em Sabará, onde participará do Encontro Municipal do PT.

ouro-preto