“Estão contra nós pelos nossos acertos”

patrus pucbh

“(…) A leitura que faço, deste momento que o país está vivendo, é que as forças políticas, econômicas, sobretudo, que estão trabalhando com a perspectiva de impedimento da presidenta Dilma Rousseff, estão fazendo isso não pelos nossos erros, ou pelos erros de pessoas militantes do partido dos trabalhadores ou por partidos nossos aliados que cometeram erros graves que devem ser explicitados e as pessoas penalizadas nos termos da legislação do país. A leitura que eu faço é de que estas forças estão contra nós pelos nossos acertos. E quais são estes acertos? As políticas sociais, o combate à pobreza.” Continuar lendo

“Querem tirar dinheiro dos pobres”

patrus aula abcO ministro Patrus Ananias afirmou a estudantes e professores da Universidade Federal do ABC, na tarde desta segunda-feira (26), que “as mesmas forças políticas, econômicas e midiáticas” que protagonizaram golpes e tentativas de golpes, entre os anos 50 e 70, querem derrubar a presidenta Dilma Rousseff para se apropriar de recursos públicos agora destinados aos pobres.
A acusação do ministro foi feita durante a aula magna que proferiu, no auditório do campus de São Bernardo (SP), ao abrir a disciplina de Economia Política da Segurança Alimentar do curso de graduação em Relações Internacionais.
Patrus falou sobre a função social da propriedade, as políticas de desenvolvimento agrário e a segurança alimentar. E respondeu perguntas de alunos e professores sobre esses temas e também sobre a crise com que o país convive.
Continuar lendo

“O nosso voto é não! Não passarão!”

O SR. PATRUS ANANIAS (PT-MG.) – Colegas Deputadas e Deputados, na minha já sexagenária caminhada de militante político e social cristão, jamais vi e ouvi tantas afrontas ao segundo, ao quarto e ao sétimo mandamentos da lei de Deus. Quero dizer também, colegas Deputadas e Deputados, que reassumi aqui nesta Casa o mandato que o povo de Minas me confiou nas urnas, para lutar contra três golpes que as forças mais conservadoras querem impor ao País. Estamos aqui para impedir um golpe, para lutar contra um golpe contra a Presidenta Dilma. Estamos aqui para lutar contra um golpe contra a democracia brasileira.(Manifestação no plenário.)

O SR. PRESIDENTE (Eduardo Cunha) – Como vota, Deputado?

O SR. PATRUS ANANIAS - Por último, eu quero denunciar que a população brasileira vai ser testemunha disso: oo golpe contra as políticas sociais.

O SR. PRESIDENTE (Eduardo Cunha) – Como vota, Deputado?

O SR. PATRUS ANANIAS - O golpe contra o Bolsa Família.

O SR. PRESIDENTE (Eduardo Cunha) – Como vota, Deputado?

O SR. PATRUS ANANIAS - O golpe contra o Minha Casa, Minha Vida.

O SR. PRESIDENTE (Eduardo Cunha) – Como vota, Deputado?

O SR. PATRUS ANANIAS - O golpe contra os pobres.

O SR. PRESIDENTE (Eduardo Cunha) – Como vota, Deputado?

O SR. PATRUS ANANIAS - Portanto, o nosso voto é “não”. Não, não passarão, não passarão. (Manifestação do plenário.)

O SR. FELIPE BORNIER - Deputado Patrus Ananias, do PT de Minas Gerais: voto “não”. Total: 100 votos contrários.

Patrus entrega apartamentos a 300 famílias em BH

Trezentas famílias realizaram hoje (08) o sonho da casa própria ao tomarem posse de seus apartamentos no Residencial Pinheiros, localizado na Rua Olaria do bairro Diamante, na região metropolitana do Barreiro, em Belo Horizonte (MG). A cerimônia foi presidida pelo ministro Patrus Ananias, do MDA, e contou com a participação do prefeito Márcio Lacerda, do superintendente regional da Caixa Econômica Federal, Ademir Losekann, representantes da delegacia estadual do MDA, da prefeitura e do governo de Minas Gerais, e mais de 1,2 mil pessoas, entre idosos, adultos e crianças que serão beneficiadas diretamente pelo empreendimento do programa Minha Casa, Minha Vida. Continuar lendo

Patrus deplora escalada agressiva na política

NOTA OFICIAL DA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DO MDA

Em atenção a honroso convite que recebeu da Comissão de Agricultura e Reforma Agrária do Senado Federal,  o ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, expôs hoje (07/04) aos integrantes daquele colegiado as ações programadas para 2016 pelo MDA e também pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

A exposição do ministro foi sucedida por declarações e indagações de parlamentares – todas atentas ao tema da audiência e apresentadas de modo pacífico, respeitoso, democrático e sob inspiração do interesse público.

Lamentavelmente, o diálogo foi sacrificado por intervenção do senador Ronaldo Caiado (DEM-GO). Foi uma intervenção estranha não apenas ao tema da audiência, mas, de modo especial, muito estranha e ofensiva ao ambiente de alto nível que até então caracterizava a audiênicia.

O comportamento do senador Caiado e a reação que despertou entre os parlamentares levaram a presidente da Comissão, senadora Ana Amélia Lemos (PP-RS), a encerrar o debate.

O ministro Patrus Ananias deplora a agressividade de que algumas pessoas têm se valido em prejuízo do debate político. E reitera a determinação de continuar dialogando com todas as pessoas dispostas a contribuir para o fortalecimento da democracia e para a justiça social

http://www.mda.gov.br/sitemda/noticias/pelo-di%C3%A1logo-pol%C3%ADtico-e-democr%C3%A1tico#sthash.Iz6zhXl7.dpuf

Patrus apresenta prioridades do MDA em Comissão do Senado

O ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, participou na manhã desta quinta-feira, (7), de audiência pública, na Comissão de Agricultura e Reforma Agrária do Senado. Acompanhado do vice-presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Cesar Aldrighi e do presidente da Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater), Paulo Guilherme Cabral, ele expôs aos presentes diretrizes e prioridades da pasta. Segundo o ministro Patrus, o MDA trabalha com a perspectiva de assentar todas as famílias que estão acampadas no país, em condições dignas. “Podemos atender plenamente as exigências legais e as determinações judiciais na definição das prioridades para os assentamentos”, garantiu o ministro. “Neste sentido, criamos no ministério uma força tarefa, envolvendo todas as secretarias e o gabinete, além do Incra, para atendermos todas as determinações. Estamos finalizando o cadastramento dos acampados no Cadastro Único, em cooperação com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, para termos dados sobre idade, escolaridade, gênero e a capacitação destas famílias para a atividade agrícola, a fim de podermos cadastrá-las”, explicou Patrus Ananias. Continuar lendo

“Não vai ter golpe, vai ter reforma agrária”, diz Patrus

patrus quilombolaOs avanços e o compromisso do governo federal em promover uma reforma agrária que garanta renda e qualidade de vida aos assentados ganharam destaque na fala do ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, nesta sexta-feira (1º), durante solenidade em que a presidenta Dilma Rousseff assinou 25 decretos de desapropriação de imóveis rurais para reforma agrária e regularização de territórios quilombolas.
O ministro defendeu a manutenção da ordem constitucional democrática.
Continuar lendo