Bartolomeu e o legado de um grande escritor

Publicado originalmente no jornal Hoje em Dia, em 29/01/2012

Patrus Ananias

Há sempre uma dificuldade de enquadrar grandes escritores nos gêneros literários. Assim foi com Bartolomeu Campos de Queirós, que nos deixou recentemente. Se o universo infantil marcou a referência de boa parte de sua obra foi também ponto de partida para se expandir na exploração do mundo. Os que procuram um livro infantil, no sentido mais restrito do termo, se assustam com angústias narradas sem concessão em alguns de seus livros. Mas a prosa de Bartolomeu é mais alargada e sai em busca de vários territórios, gerações e estilos. Quer falar com todas as pessoas dotadas de sensibilidade e que indagam o sentido das coisas e da vida. Isso inclui as crianças, que tanto gostam das perguntas.
Continuar lendo